.Línea...

.Línea...

.Texto meu, que a revista 'Casa e Jardim' publicou em 2011...

É incrível como a profissão pode ser definida desde criança sem você ao menos se dar conta.Hoje,"amadurecida" e lembrando de décadas atrás,consigo entender como os jardins dos meus avós se "enraizaram" em mim.Lá, em Santiago, no Chile,existiam vários jardins,várias surpresas,várias possibilidades de encantamento.Havia uma parreira enorme que ficava tão cheia de uvas,que meus avós as distribuíam em caixas para os vizinhos.Embaixo dessas mesma parreira,meu avô Nino pintava seus lindos quadros e eu acompanhava tudo com meus primeiros lápis de cor...Engraçado que eu não consigo imaginar outra forma de apresentar meus projetos de paisagismo que não seja através dos meus desenhos coloridos com traços infantis...Sim, o traço continua infantil.
A minha bisavó Palmira gostava de cuidar do Jardim das Rosas.Somente ela podava as flores.Esse jardim era separado por um murinho baixo e existia um portãozinho de ferro.Fechando os olhos ainda consigo sentir o cheiro.Lembro que ela colhia as flores no avental para fazer os arranjos da casa, que ficava perfumada.
Já a minha avó Carmen,que era literalmente um doce, gostava do pomar.Eu me acabava junto com ela de comer cerejas direto do pé.E a cachorra da casa, a vira-lata Póla,acompanhava a gente o tempo todo.Nesse pomar existia também um forno de barro, onde minha avó fazia pão.(...)
Os jardins da minha infância eram uma mistura do melhor que pode existir na vida:o gosto das frutas, o cheiro das flores, do pão e da tinta a óleo do meu avô,mais o som da música clássica saindo da vitrola velha(de preferência Carmen de Bizet em homenagem à minha avó com direito à regência do avô e dança da neta), a cachorra correndo, e a liberdade e amor que toda criança deveria ter...(...)
Um jardim tem de servir para ser "vivido" com seus cheiros,cores,texturas,sombras e surpresas.É nele que podem acontecer coisas simples ou incríveis que influenciarão a sua vida inteira.Os jardins da minha infância definiram quem eu sou.E eu gosto de quem eu sou...E ainda dizem que jardim é supérfluo...
Claudia Muñoz
(texto publicado na revista 'Casa e Jardim" em 2011)

segunda-feira, 21 de maio de 2018

.Nossa são quase 6.00 da manhã !

O que acontece quando você tira um cochilo numa tarde de Domingo e toma muito café?
Fica ligadona de madrugada...rsrs...Tudo bem,tinha que atualizar o blog...Duas semanas sem postar nada...E olha que tiveram coisas interessantes nestes dias...Que maravilha,daqui a 15 minutinhos vem o nascer do sol (vou filmar no Stories rsrs) e depois dormir, pois apesar de ser Segunda, não ter "patrão" tem suas vantagens...BOM DIA E BOA SEMANA...

.Hoje finalmente apresentei o projeto que "me consumiu" (no bom sentido) nas últimas três semanas...É tão bom ver os clientes sorrindo...Quando você entrega um projeto de paisagismo,não é como entregar "uma coisa pronta"...É algo que vai crescer e se desenvolver junto à sua família ...É um cenário que te acompanhará durante o tempo que você cuidar dele...

 

Esta apresentação do Mika,principalmente nesta música, me arrepia até a alma...Além da sua voz maravilhosa, do acompanhamento impecável , o que me toca mesmo é toda a sua expressão...É tão mágico ver um artista totalmente entregue a sua arte...É lindo demais...

.E aqui está o projeto completo...25 desenhos...Para quem me questionar: "Clau, você não tem receio de colocar os projetos inteiros aqui no blog?" Eu vou contar uma historinha: Certa vez, um "colega" de profissão me ligou e disse: "Você sabia que quando eu não tenho idéias eu vou até o teu blog e site e misturo um cantinho daqui, um cantinho dali e monto um projeto para os meus clientes."...Respirei fundo, pensei,sorri e respondi :" Querido, fique à vontade, de onde saíram aqueles,tem MUITO mais..." ...e ele desligou o telefone...A mentira NUNCA se sustenta ;)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

.Já que vamos falar em realeza...A única "Rainha" que existirá para mim será FREDDY...

.Ahhhhh e o casamento real...Eu tratei de providenciar um café da manhã REAL, para deixar tudo mais divertido... Não era só um casamento, era um "marco"...Foi como o dia que o muro de Berlim caiu...Mas o "muro" que caiu no Reino Unido foi derrubado com flores ,música e delicadeza... Uma mulher bela,negra,independente,divorciada e feminista desarmou um Reino inteiro só porque um Príncipe se apaixonou...Ah que maravilha que ainda tem pessoas que brindam o AMOR, apenas o AMOR...Já me afastei de muitas pessoas que eram importantes para mim ,mas que tem uma visão sobre o mundo totalmente careta e preconceituosa...Um brinde ao Amor...

 

 

 

 

.Neste dia fui com a Paty (e a Lola) para checar a obra...Esta obra está me deixando ansiosa...A parte construtiva está demorando demais (nada com o paisagismo, é com ajustes construtivos da casa que acabam atrasando a parte civil do paisagismo)...Mas enfim,não posso querer controlar tudo...Só quero poder FINALIZAR este jardim, que de fato vai ficar bem bonito...